Artigos

  • 2016

DEBORA APARECIDA DA SILVEIRA. O Ensino Médio em pauta nas proposições do poder Legislativo Federal: uma análise sobre financiamento e acesso. 2016.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. O Programa Ensino Médio Inovador como política de indução a mudanças curriculares: da proposta enunciada a experiências relatadas. 2016.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Políticas educacionais para o Ensino Médio e sua gestão no Brasil contemporâneo. 2016.

SIMONE SANDRI. A formação dos jovens no contexto do Ensino Médio brasileiro: proposições do Programa Ensino Médio Inovador versus proposições do Projeto Jovem de Futuro. 2016.

VIVIAN ISLEB. O contexto histórico e o processo de criação do Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI). 2016.

VIVIAN ISLEB. Programa Ensino Médio Inovador (ProEMI): possibilidades anunciadas para o enfrentamento da reprovação e abandono escolar. 2016.

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM  E MONICA RIBEIRO SILVA. Juventude, Escola e Trabalho: sentidos da Educação Profissional Integrada ao Ensino Médio. 2016.

  • 2015

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Sociologia do Ensino Médio: crítica ao economicismo na política educacional. 2015.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Direito a educação, universalização e qualidade: cenários da Educação Básica e da particularidade do Ensino Médio. 2015.

SERGIO RICARDO FERREIRA. Financiamento da educação como indutor de política curricular: análise a partir da implantação do PROEMI no Paraná. 2015.

MÔNICA RIBEIRO SILVA, DANTE HENRIQUE MOURA E DOMINGOS LEITE LIMA FILHO. Politecnia e formação integrada: confrontos conceituais, projetos políticos e contradições históricas da educação brasileira. 2015.

MÔNICA RIBEIRO SILVA. Currículo, ensino médio e BNCC Um cenário de disputas. 2015.

LUCAS BARBOSA PELISSARI. Uma proposta metodológica para a análise das políticas de educação profissional: a análise de conjuntura e as disputas pelo bloco no poder do estado. 2015.

LUCAS BARBOSA PELISSARI. As Políticas de Educação Profissional na América Latina e a Conjuntura Política da Região: Uma Análise a partir de Brasil e Venezuela nos Anos 2000. 2015.

  • 2014

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM. Quem são e o que buscam na escola os estudantes do ensino médio noturno. 2014.

CÉULI MARIANO JORGE; JESSIKA MATOS PAES BARROS. Formação e escolarização de trabalhadores brasileiros sob os invariantes do espaço social: uma análise da implementação do PROEJA no Brasil. 2014.

CÉULI MARIANO JORGE . Sentidos da Educação atribuídos por egressos do PROEJA no Paraná. 2014.

CLECI KORBES E NOELA INVERNIZZI. Nanotecnologia em mídias: utopias e distopias. 2014

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM, MONICA RIBEIRO DA SILVA. Políticas Curriculares para o Ensino Médio e para a Educação Profissional: propostas, controvérsias e disputas em face das proposições do Documento Referência da Conae 2014. 2014.

MONICA RIBEIRO DA SILVA E ELOISE MÉDICE COLONTONIO. As Diretrizes Curriculares Nacionais para o Ensino Médio e as proposições sobre trabalho, ciência, tecnologia e cultura: reflexões necessárias. 2014.

ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA.  Em cena, a escola pelas lentes dos estudantes: caminhos para a pesquisa. 2014.

VANESSA CAMPOS DE LARA JAKIMIU. O Programa Ensino Médio Inovador enquanto programa de indução ao redesenho curricular: pontos e contrapontos. 2014.

  • 2013

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM. Educação e trabalho na perspectiva de egressos do ensino médio e estudantes universitários. 2013.

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM. Escola e trabalho: universitários e estudantes da EJA em foco. 2013

SIMONE SANDRI E VIVIAN ISLEB. Atuação da União no desenvolvimento do Ensino Médio brasileiro: considerações sobre o Programa Ensino Médio Inovador. 2013.

VANESSA RAIANNA GELBCKE. A “Preciosa” educação como caminho para a emancipação. 2013.

CÉULI MARIANO JORGE; JESSIKA MATOS PAES BARROS.  Política de formação profissional e escolarização no PROEJA: análise da experiência realizada em dois estados brasileiros. 2013.

  • 2012

CÉULI MARIANO JORGE, MÁRCIO LUIZ BERNARDIM. A implantação do PROEJA no Paraná: análise a partir da percepção de alunos e professores. 2012

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Currículo e cultura escolar: Perspectivas para o estudo das políticas curriculares. 2012.

MONICA RIBEIRO DA SILVA, LUCAS BARBOSA PELISSARI, ALLAN ANDREI STEIMBACH. Juventude, escola e trabalho: permanência e abandono na educação profissional técnica de nível médio. 2012.

LUCAS BARBOSA PELISSARI. O fetiche da tecnologia e a Educação Profissional Técnica De Nível Médio: tentativa de explicação do abandono escolar. 2012.

  • 2011

LUCIANE HILU; ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA E RENATA RODERO. Possibilidades do uso pedagógico das redes sociais: estudo de caso. 2011.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Jovens, Ensino Médio e Politecnia: possibilidades diante das novas Diretrizes Curriculares Nacionais. 2011.

MONICA RIBEIRO DA SILVA. A política de integração curricular no âmbito do PROEJA – entre discursos, sujeitos e práticas. 2011.

MONICA RIBEIRO DA SILVA E ELOISE MÉDICE COLONTONIO. Potencial analítico e emancipatório da Teoria Crítica da Sociedade no campo da Educação: políticas curriculares e seleção do conhecimento.  2011.

ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA. A especificidade da EJA, conceito, percepção e presença, na perspectiva dos professores do PROEJA: um estudo de caso.

ROSANGELA GONÇALVES DE OLIVEIRA. Possibilidades do uso pedagógico das redes sociais: estudo de caso. 2011.

  • 2010

MONICA RIBEIRO DA SILVA. Currículo e competências: a reforma do Ensino Médio e as apropriações pelas escolas. 2010.

MÁRCIO LUIZ BERNARDIM. Estágio: da interface entre a escola e o mercado à configuração de uma relação de trabalho de novo tipo. 2010.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>